Moda Étnica: Da Índia à África, o retorno das estampas

Imagem

·  To read this post in English go to the end of the page

·  Para leer este post en Español vaya al final de la página


Neste verão as estampas étnicas retornaram à moda com força total. Nos últimos desfiles pudemos observar muitas estampas com“influências étnicas”, porém com uma nova leitura – em roupas mais estruturadas e com um corte moderno.  Tais influências vêm da Índia, do Nepal, Paquistão, da África – praticamente de todos os países do continente, Caribe, Guatemala, Colômbia, dentre outros lugares ao redor do globo. Nas mulheres desses locais vemos uma profusão de cores e estampas em diversos tecidos.

Nunca fui muito fã de estampas, mas já as cores – como eu tenho um pezinho na África, sou suspeita para falar pois cor para mim representa vida e eu as amo demais!

Pois bem, mas e se você não curte muito uma estampa e quer inovar, como fazer para incorporá-las ao seu guarda-roupa? No Brasil em geral eu noto certo medo de se arriscar na moda, em especial no Rio de Janeiro, onde se você foge um pouco daquele padrão da menina carioca, todo mundo já te olha como se você tivesse descido de uma nave espacial, mas não é por isso que você deixará de ser autêntica e feliz. Não tenha medo de usar estampas, se você tem receio de se arriscar, comece com apenas uma peça no look. O segredo para usar estampas é ter bom senso. Por exemplo, só a calça estampada com uma camiseta básica, lisa e de cor neutra; só uma camisa; só um vestido; somente um lenço estampado no pescoço ou mesmo amarrado na bolsa para dar uma bossa. No final você verá que dependendo da composição feita o look pode ficar até elegante.  

E não se esqueçam: nada de incorporar a Carmen Miranda e usar tudo ao mesmo tempo!!

Se a peça for usada com um salto alto ou uma sapatilha clássica, o look ficará mais elegante. Se usada com uma sandália rasteira ou um tênis tipo keds, ficará mais despojada.


In English:

Ethnic Fashion: From India to Africa, the return of printed fabrics

This summer the ethnic prints returned to fashion with a blast. In the past fashion shows we have seen many prints with “ethnic influences”, but with a new reading – with more structured clothes and a modern cut. Such influences come from India, Nepal, Pakistan, Africa – practically all countries of the continent, Caribbean, Guatemala, Colombia, among other places around the globe. Women from these places we can see a profusion of colors and prints in various fabrics. 

I’ve never been a fan of prints, but the colors – how I got a little African heritage, I am suspected to talk about it, because the color for me represents life and I love them!

Well, but what if you aren’t a print lover and you want to innovate, how to can you do it to incorporate them into your wardrobe? Generally in Brazil i notice that people have fear to take a risk in fashion, especially in Rio de Janeiro, where if you of run of that carioca girl pattern , everyone looks at you as if you come from a different planet, but isn’t that why you will be authentic and happy. Don’t be afraid to use prints, if you have afraid to risk it , start with just one piece in the look. The key to using prints is having common sense. For example, only a print pants with a basic t-shirt, plain and neutral color; only a shirt; only a dress; only a scarf around the neck or even tied in a bag to turn into a bossa look. In the end you ‘ll see regarding the composition made the look can be very elegant.

And don’t forget it: Don’t incorporate Carmen Miranda and use it all at the same time!!

If the piece is used with a high heel or a classic ballet flats, the look will be more elegant. If used with a flat or sneakers, is more disposed.


En español:

 Moda Étnica: De India a África, El retorno de las estampas

En este verano las estampas étnicas retornaran al mundo de la moda con fuerza total. En los últimos desfiles pudimos observar muchas estampas con “influencias étnicas”, pero con una nueva lectura – en ropas más estructuradas y con un corte moderno. Estas influencias vienen de la India, Nepal, Pakistán, África – prácticamente de todos los países del continente, Caribe, Guatemala, Colombia, entre otros lugares en el mundo. En las mujeres de estos lugares vemos una profusión de colores y estampas en diversos tejidos.

Nunca he sido una fan de las estampas, pero ya los colores – como tengo pasión por África, soy sospechosa de hablar porque los colores son vida para mí y me encantan!

Pues bien, pero y si usted no disfruta mucho las estampas y quiere innovar – ¿Cómo se pueden incorporar en su armario? En Brasil en general yo percibo un cierto miedo de arriesgarse en la moda, en especial en Rio de Janeiro, donde si usted huye un poco del estándar de la chica carioca, todas las personas ya te miran como si usted hubiera bajado de una nave espacial, pero no es por eso que usted dejará de ser auténtica y feliz. No tenga miedo de usar estampas, si usted tiene recelo de arriesgarse, empiece solamente con una prenda en ellook. El secreto para usar estampas es tener sensatez. Por ejemplo, sólo el pantalón estampado con una camiseta básica, lisa y de color neutro; sólo un top; sólo un vestido; sólo una bufanda estampada o mismo atada en un bolso. Al final va a ver qué dependiendo de la composición hecha en el look hasta puede quedar elegante.

 Y no se olviden: nada de incorporar Carmen Miranda y usar todo al mismo tiempo!!

Si la prenda es usada con tacón alto o con zapatilla clásica, el look quedará más elegante. Si usada con sandalias planas o con un tenis tipo keds, quedará más despojado.

Follow:

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *