Casamento Contemporâneo: Ir ou não ir de longo, eis a questão!

Imagem

No último sábado, 26 de maio, um de meus primos de casou e meses antes, como toda mulher, eu já estava preocupada com o que vestir, ainda mais sabendo que a festa seria no Copacabana Palace.

Pois bem, eu tinha algumas coisas em mente para considerar, como:

1) eu não queria usar nenhum vestido que eu já tinha que era longo ou longuete e de alcinha;

2) sabia que queria uma roupa mais fechada pois em maio a temperatura já esfriou e nas festas de casamento sempre tem um ar-condicionado ligado;

3) não queria ir de longo. Queria modernizar o look com um vestido curto;

4) e por fim, não queria comprar nenhuma roupa que fosse cara demais e que depois eu ficasse com aquilo dentro do armário sem poder usar em outras ocasiões;

5) estava no humor de querer usar um fascinator/casquete.

Confesso que sou bem crítica e uma compradora chatinha na hora de escolher algo. Isso acontece pois normalmente eu tenho em minha cabeça a imagem certinha do que gostaria de vestir. Rodei todas as lojas possíveis do Rio de Janeiro e nada me agradava…Ainda mais depois que fui a um casamento há alguns meses e por acaso a atriz Marina Rui Barbosa era sobrinha da noiva, e quando vi o vestido dela meu coração bateu mais forte. Era exatamente o estilo que eu queria: com mangas para o inverno, cintura marcada e sainha curta rodada, bem no estilo boneca dos anos 50. E, como boa “Sherlock Holmes” que sou, ao chegar em casa fui correndo para o Google pesquisar se ela já havia usado esse vestido em alguma ocasião “global” para que eu pudesse saber de que loja era.

Imagem

E voilà! Eu toda feliz descobri que o vestido era da Zara e quase fui correndo no mesmo dia comprar…até que percebi que a matéria que eu havia lido era do ano passado! NOT! Minha busca por um vestido teve de continuar…

Exatamente 1 semana antes do casamento ( bem em cima da hora!!), fui na última loja que adoro e acreditei poder encontrar algum vestidinho fofo tipo boneca – a Farm, nada muito glamouroso, justamente para poder investir no make e nos acessórios

Pedi para a vendedora descer com todos os vestidos do estoque para eu escolher, e eis que vi um vestido pêssego de seda todo plissado muito fofo e o preço era mais fofo ainda, R$329,00. Eu pretendia gastar até uns R$500,00 para me vestir para esse casamento, e esse vestido que encontrei realmente saiu num preço bem razoável, tendo em conta que eu poderei usá-lo de diversas formas depois e em ocasiões informais.

Imagem        Imagem

Tendo o vestido só me faltavam os acessórios, que eu também já havia idealizado em minha cabeça. Uma meia calça champagne para valorizar um scarpin tipo boneca vermelho que vi na Schutz e morri de amores, uma estola preta com paetês pretos, um belo brinco ou colar e uma clutch preta, e é claro um make com pele de boneca e batom vermelho.

Imagem

O scarpin vermelho da Schutz é de um modelo retrô chamado Mary Jane, com um salto 13cm, liiiindo de morrer. Ele saiu por R$330,00 e penso ter feito um ótimo investimento, pois a qualidade do sapato é ótima e tenho certeza que vai durar bastante tempo. A meia-calça champagne foi tãooo difícil de encontrar nessa cor, mas felizmente minha mãe a encontrou na Trifil por cerca de R$15,00. A estola preta é emprestada de uma amiga. Quanto ao brinco ou colar, fui numa loja cheia de bijoux, jóias e acessórios de cabelo que dica no 2º piso da Galeria Condor no Largo do Machado, a loja é a Marias & Marias. Olhei todos os colares…queria um com pérolas e detalhes em dourado ou algum com pedras pretas, mas nenhum chamou muito a minha atenção até que vi um brinco lindo pêssego, a “cara da riqueza” que ia combinar com o vestido e que eu poderia aproveitar meu cabelo curto para mostrá-lo bem nas minhas belas orelhas, hehe. Não foi barato para uma bijoux, pois saiu por R$120,00 mas como eu não tinha mais tempo comprei esse mesmo. A clutch preta eu já tinha de outros carnavais, todos os cosméticos para o make também, e o colar de pérolas que enrolei no punho para fazer de pulseira eu também já tinha.

Imagem

O look total saiu por R$974,00 sem contar com as maquiagens que eu já tinha e com os gastos nos salão – escova + pé e mão.

Vestido: R$329,00

Meia-calca: R$15,00 (valor aproximado)

Brinco: R$120,00

Scarpin: R$330,00

Clutch: Já tinha, mas na época que comprei foi muito barata, algo em torno de R$50,00.

Estola: Emprestada, mas vamos colocar aí que uma estola assim bordada com paetês custe uns R$100,00.

Pulseira: Ganhei de presente da minha prima em um aniversário passado. Um colar comprido de pérolas (falsas, obviamente) encontra-se em qualquer loja ou camelô. Digamos que custe uns R$30,00.

Maquiagem: Não irei considerar os valores pois eu já tinha tudo e não me lembro os preços, mas somente para referência eu usei: batom vermelho da M.A.C cor “Russian Red”; Rímel da Maybelline “The Falsies”; Blush rosinha misturado com um pêssego –ambos de uma marca argentina de uma maquiadora profissional chamada Regina cosmetics; base da M.A.C “Mineralize Satinfinish SPF 15 Foundation – cor NC20” que misturei no rosto todo com o iluminador líquido da Benefit – High Beam; corretivo da paleta profissional da Kryolan com 12 cores chamada “Camouflage Creme” da linha Dermacolor; sombra champagne Duda Molinos cor “Future – I1449”, misturada com essa sombra passei uma outra levemente dourada da YSL que não sei a referência pois é de um duo muiiito antigo que ganhei da minha mãe e já apagou o nome há mil anos; pó para finalizar no rosto translúcido da marca brasileira Anaconda – ok, o nome é assustador, mas essa dica eu peguei com as meninas lá do sul do Brasil é o melhor pó para quem tem pele bem clara, já o uso há anos e não tem nada igual (depois farei um post sobre esse pó que é superfino e deixa a pele com aspecto de porcelana); depois do pó passei mais iluminador em pó para finalizar no canto interno e externo do olhos acima das maçãs do rosto e abaixo das sobrancelhas cor 14 da Vult; e esmalte cor 152 da Artdeco.

Imagem

E aí, gostaram? Para estar chique e elegante para um casamento não existe só a opção do longo meninas, vivemos em tempos modernos!! No casamento vi várias moças jovens entre os 20-35 usando vestidos curtos de paetê com manga longa, o que é tendência! Mas, é claro, se eu fosse madrinha, obviamente não abriria mão do longo.

Minha irmã que vai fazer 18 anos em junho também foi de vestido curto fofo de renda creme que ela encontrou na Maria Filó por uns R$280,00 que complementou com um cinto lindo da Animale que valoriza qualquer look e custou algo em torno de R$250,00 (Luíza, a primeira da direita para a esquerda). Mamãe também foi toda moderna de blusa, saia e sandália da Animale (Mamãe, a segunda da direita para a esquerda). Aliás, nesse dia que minha mãe foi na Animale eu estava junto e vi um vestido lindo de morrer, que daria até para uma noiva moderna usar em uma cerimônia mais simples, mas custava quase R$2.000,00. Tirei foto só pra mostrar que lindeza (Vestido dos sonhos na última foto)! rs

Imagem

Imagem

Imagem

Follow:
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *